Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 30 de março de 2015

Fórum elege nesta terça, dia 31, o novo Conselho da Mulher de Teresópolis

TERESOPOLIS
Fórum elege nesta terça, dia 31, o novo Conselho da Mulher
Palestrantes renomadas debaterão temas relacionados ao movimento de mulheres

Teresópolis, 30 de março de 2015 – Será realizado nesta terça-feira, 31 de março, o Fórum de Eleição da nova composição do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher, para o biênio 2015/2017. Com mesa redonda sobre temas relacionados ao movimento de mulheres, o evento acontecerá das 9h às 13h, no Teatro Municipal, localizado no 2º piso da Prefeitura (Av. Feliciano Sodré, 675, Várzea).

Uma das palestrantes é a deputada estadual Martha Rocha, empossada recentemente como vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro). A ex-delegada foi chefe de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, titular da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher-RJ e presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (Cedim-RJ).

Outra palestrante convidada é a advogada Joselice Cerqueira, militante do movimento feminista desde a década de 1970 e ex-presidente da Comissão OAB Mulher. Ela participou da instalação do Cedim-RJ, da criação do Conselho da Mulher de Teresópolis e foi a primeira secretária dos Direitos da Mulher no município. Atualmente, Joselice Cerqueira é assessora de gênero da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres do Rio de Janeiro (SPM-Rio).

Também estarão presentes a consultora do ILCT para a Agenda 21/Comperj, Lucila Martinez Cáceres, e a coordenadora do Centro de Cidadania LGBT Serrana, Silvia Furtado.

Qualquer pessoa interessada poderá acompanhar a mesa redonda. Entretanto, estarão aptas a votar no Fórum de Eleição as delegadas inscritas no fórum, inclusive as seis representantes do Poder Público. Dentre as candidatas, serão escolhidas 18 entidades, por meio de votação aberta. Serão eleitas, ainda, seis mulheres, sendo três titulares e três suplentes, que demonstrem interesse na causa, e que não estejam vinculadas a nenhum grupo da sociedade civil organizada.

Criado em 1993, o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher é vinculado à Secretaria Municipal dos Direitos da Mulher. Órgão de caráter permanente, propositivo, deliberativo e fiscalizador da política de defesa e promoção dos direitos da mulher, é composto por representantes de entidades de classe, do poder público e por mulheres sem vínculos com instituições, porém todas integradas à causa. Tem como função a implementação de políticas públicas comprometidas com a superação de preconceito e desigualdade de gênero no âmbito municipal, entre outras atribuições.

Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

sábado, 28 de março de 2015

Conselho Municipal de Cultura de Teresópolis se reúne e debate projetos para 2015

A reunião do Conselho de Cultura foi realizada na Casa da Memória Arthur Dalmasso
Conselho Municipal de Cultura se reúne e debate projetos para 2015

Teresópolis, 27 de março de 2015 - Foi realizada na noite desta quarta-feira, 25 de março, a primeira reunião de 2015 do Conselho Municipal de Cultura. Liderado pelo presidente do Conselho, o secretário de Cultura Ronaldo Fialho, o encontro abordou assuntos como o Fundo Municipal de Cultura e o cronograma de eventos para 2015, entre outros.

Participaram da reunião diversos membros do conselho, entre representantes da sociedade civil e do poder público. Na ocasião, o secretário Ronaldo Fialho falou sobre as propostas da Secretaria de Cultura para 2015, destacando o projeto Teresópolis Circuito de Imagens, que deverá ser lançado em abril, com a instalação de 27 imagens temáticas pelas principais avenidas da cidade e pontos de grande circulação de pessoas.

Outro assunto abordado foi o Fundo Municipal de Cultura, implantado em Teresópolis desde o ano passado, completando assim a criação do CPF da Cultura (Conselho, Plano e Fundo). Com a possibilidade de receber recursos dos governos estadual e federal, o fundo será gerido pelo próprio Conselho de Cultura e só depende agora da conclusão do CPF do Governo do Estado do Rio para colher benefícios provenientes do próprio Estado e da União.

Ainda durante a reunião, foi apresentada ao Conselho a ementa que propõe a inclusão do Bloco Piranhas da Serra no livro de registros de Bens Culturais Materiais e Imateriais. Após debate sobre o assunto, ficou acordado que uma cópia da proposta será encaminhada a cada um dos conselheiros, para apreciação pessoal, com o compromisso de que o tema volte à pauta da próxima reunião, marcada para 29 de abril. Além da ementa, o cronograma anual da Secretaria de Cultura e um relatório a respeito do Fundo de Cultura também serão enviados a cada um dos conselheiros para apreciação.

Além de integrantes do Conselho e convidados, a reunião contou ainda com a presença virtual da vice-presidente do Conselho, Jussara Trindade, que, impossibilitada de estar presente fisicamente, participou do encontro por vídeo conferência.

“Foi um encontro produtivo, onde falamos sobre projetos para 2015, lembrando, mais uma vez, que a Secretaria de Cultura está de portas abertas para apoiar, dentro de nossas possibilidades, todo e qualquer projeto que traga acréscimos à cultura do município”, comentou o secretário e presidente do Conselho de Cultura, Ronaldo Fialho.

Texto: Geórgia Jahara
Foto: Jefferson Hermida
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Vem aí o Teresópolis Circuito de Imagens

Vem aí o Teresópolis Circuito de Imagens
Vem aí o Teresópolis Circuito de Imagens
Novo projeto da Secretaria de Cultura deverá ser lançado em abril

Teresópolis, 27 de março de 2015 - Em breve, uma novidade deverá tomar conta das principais ruas de Teresópolis. Trata-se do Teresópolis Circuito de Imagens, o novo projeto desenvolvido pela Prefeitura, através da Secretaria de Cultura. Serão diversas imagens a respeito de uma determinada data temática, que serão espalhadas mensalmente pelas principais ruas do centro da cidade em totens e paineis. A estreia, em abril, abordará o tema ‘Caminhos da Liberdade’, lembrando o ativista político Tiradentes, sua passagem por Teresópolis e a herança familiar deixada por ele.

“É uma ideia inovadora, que pretende elevar a autoestima do povo teresopolitano e, ao mesmo tempo, atrair turistas para a cidade, mostrando o que Teresópolis tem de melhor: sua gente, sua beleza e sua história, destacando também períodos e personagens importantes, como é o caso de Tiradentes. Embora poucos saibam, o inconfidente passou por Teresópolis, antes da fundação do município, já que estas terras fizeram parte dos caminhos para as Minas Gerais. Sendo assim, a intenção é que as pessoas vejam todas as imagens que exibiremos, percorrendo uma espécie de circuito, seja a pé ou de carro”, explica o secretário de Cultura, Ronaldo Fialho, que se reuniu esta semana com o secretário de Governo, Leonardo Vasconcellos, para apresentar o projeto.

O projeto terá uma referência diferente a cada mês, que será abordada através de 27 imagens acompanhadas por frases curtas, expostas em peças como pórticos, paineis de chão, totens em cone e totens em cubo. As peças, que terão decoração específica e contarão com iluminação especial para dar mais visibilidade às imagens, serão instaladas em vias públicas entre o Soberbo e o fim da Avenida Lúcio Meira. A cada mês, será lembrado um momento, um personagem, um fato histórico e assim por diante.

Entre os pontos pensados para a colocação dos totens e paineis estão as avenidas Rotariana, Oliveira Botelho, Alberto Torres, Feliciano Sodré e Lucio Meira. Os totens serão instalados em pontos específicos destas avenidas, como a Praça Senta a Pua, no Soberbo, a entrada do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, a Feirinha do Alto, o Colégio Ginda Bloch, o cruzamento da Reta, próximo à Casa e Video, a sede da Prefeitura e o Colégio Estadual Edmundo Bittencourt. Além destas, também deverão ser colocadas peças na Casa de Cultura Adolpho Bloch, na Praça Balthasar da Silveira, na Calçada da Fama e na Casa da Memória Arthur Dalmasso, e ainda nos pórticos do Soberbo e do fim da Lúcio Meira, próximo à antiga Casa de Saúde.

Além de Tiradentes, no mês de abril, outros temas já estão definidos para futuras homenagens, como as Mães, em maio, os Santos Festeiros, em junho, o Aniversário da Cidade, em julho, os Pais, em agosto, as flores da região na Primavera, em setembro, as Crianças, em outubro, e o Natal, entre novembro e dezembro. “Em maio, por exemplo, as imagens vão mostrar diversas mães, de variadas comunidades, todas de Teresópolis, escolhidas carinhosamente pela nossa equipe como forma de homenagem pelo seu mês”, completa Ronaldo Fialho.

Texto: Geórgia Jahara
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

sexta-feira, 27 de março de 2015

Estado do Rio investe na revitalização de conjuntos habitacionais

Conj habitacional José dos Reis, em Inhaúma, foto Marcelo Horn
GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Rio de Janeiro, 27 de março de 2015
Núcleo de Imprensa

Estado investe na revitalização de conjuntos habitacionais
Previsão é de que a Secretaria de Habitação reforme mais 16 condomínios

Com o objetivo de oferecer moradias dignas e melhorar as condições de vida da população de baixa renda, o Governo do Estado vai investir na reforma de novos conjuntos habitacionais este ano. A previsão é de que a Secretaria de Habitação revitalize mais 16 condomínios no estado. As obras fazem parte do programa De Cara Nova, que já reformou 124 conjuntos.

O projeto, que recupera áreas comuns de condomínios populares, conserva e valoriza os imóveis. Este ano, o De Cara Nova já tem em andamento a reforma de mais 10 conjuntos em cidades como Rio de Janeiro (São Cristovão, Pilares, Ilha do Governador, Del Castilho e Engenho da Rainha), São João de Meriti, Mesquita, Petrópolis e Nova Iguaçu, que serão entregues ainda no primeiro semestre. As reformas abrangem 382 blocos de apartamentos e somam 7.194 famílias beneficiadas. O investimento é de R$ 84 milhões e as obras são executadas pela Companhia Estadual de Habitação.

“Conservar o que já existe também faz parte da política habitacional do Estado. É uma ação importante para os moradores e também para as áreas de entorno. Conjuntos reformados e conservados valorizam toda a vizinhança”, explicou o secretário de Habitação, Bernardo Rossi.

Melhoria de toda a infraestrutura

As ações do projeto contemplam recuperação estrutural, de revestimentos, de telhados, do sistema de esgoto na parte externa, impermeabilização das caixas d’água e cisternas e a construção ou reforma de quadras poliesportivas, além de reparos nos muros e calçadas.

Entre as obras, a mais emblemática é a do conjunto habitacional Pedregulho, em São Cristóvão. A reforma do célebre condomínio, assinado pelo arquiteto e urbanista Affonso Reidy, está perto de ser concluída. As intervenções incluem desde a sustentação dos pilares à substituição das janelas dos 328 apartamentos. A revitalização, que beneficia 1,7 mil moradores, conta com recursos de R$ 34 milhões. 

Mais dois conjuntos em Petrópolis serão revitalizados 

Com investimento de R$ 6,1 milhões, a Secretaria de Habitação vai iniciar ainda neste primeiro semestre a reforma de mais dois conjuntos em Petrópolis: São Sebastião e Chácara Flora. As intervenções do programa De Cara Nova beneficiam 1.093 famílias e abrangem as áreas comuns dos condomínios. Serão recuperados os revestimentos externos dos blocos, pintura das fachadas e coberturas. As melhorias do Estado em condomínios populares na cidade serrana já somam seis reformas, que totalizam R$ 14 milhões.

No São Sebastião, o conjunto é composto por 16 blocos onde residem 493 famílias e a obra soma R$ 2,4 milhões e, na Chácara Flora, são 600 famílias distribuídas em 34 blocos. Esta obra representa investimento de R$ 3,6 milhões. Já foram reformados e entregues na cidade os conjuntos Quitandinha, Dr.Thouzet, Mosela e Coronel Veiga. Mais de 12 mil pessoas foram contempladas com as obras.

Na Baixada Fluminense, o programa investe no Conjunto Cosmorama, em Mesquita. Orçada em R$ 10,2 milhões, a intervenção está sendo executada em áreas comuns dos prédios, com 30 blocos. As obras beneficiam 1.080 famílias. A intervenção do local está na fase final, de recuperação dos telhados.

Os prédios já tiveram as fachadas pintadas e a parte estrutural recuperada. Também foram impermeabilizados os reservatórios e o calçamento, e o escoamento de esgoto está com 50% das obras avançadas. No município já foram concluídas as melhorias do BNH Mesquita, onde vivem 594 famílias. 

Presidente da Associação de Moradores de Cosmorama, Thiago Barbantea aprova as intervenções.

“A revitalização do conjunto valoriza todo o bairro. O condomínio está com outra cara”, disse o morador.
Pedregulho
Fotos: Marcelo Horn e Danielle Reis
Fonte:Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Governador do Rio sanciona lei que facilita acesso de consumidores aos dados de órgãos de proteção ao crédito

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Rio de Janeiro, 27 de março de 2015
Núcleo de Imprensa

Governador sanciona lei que facilita acesso de consumidores aos dados de órgãos de proteção ao crédito

A partir de agora, o consumidor poderá ter acesso às suas informações cadastrais no banco de dados dos órgãos de proteção ao crédito em atuação no estado do Rio de Janeiro. De acordo com a lei nº 1280/2012, que foi sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão e publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (27/03), os órgãos de proteção ao crédito deverão disponibilizar, de forma gratuita, a consulta dos dados pela internet ou nos balcões de atendimento dos referidos órgãos.

O texto determina ainda que o acesso aos dados será restrito a cada consumidor mediante cadastro prévio de informações pessoais e senha para garantir a segurança do próprio usuário. O estabelecimento que cobrar pela consulta a esses dados será multado no valor de 300 Unidades de Referência Fiscal (UFIRs) na primeira autuação. Em caso de reincidência, o valor será dobrado e a arrecadação revertida para o Fundo Especial para Programas de Proteção e Defesa do Consumidor (FEPROCON).

Fonte:Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Polícias Civil e Federal reforçarão ações para retomar unidades habitacionais invadidas no estado do Rio

Polícias Civil e Federal reforçarão ações para retomar unidades habitacionais invadidas no estado do Rio
GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Rio de Janeiro, 26 de março de 2015
Núcleo de Imprensa

Polícias Civil e Federal reforçarão ações para retomar unidades habitacionais invadidas

Decisão foi anunciada após reunião entre o governador e o ministro da Justiça

As forças policiais estadual e federal vão intensificar suas ações para retomar apartamentos do programa Minha Casa Minha Vida ocupados irregularmente. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (26/3), após reunião entre o governador Luiz Fernando Pezão e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

– Vamos checar com a Prefeitura do Rio, que tem diversos conjuntos construídos, onde há problemas e vamos enviar a Polícia Civil, através da Draco (Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais), para retirar os invasores – disse o governador.

Pezão afirmou também que vai criar um canal de comunicação para moradores denunciarem irregularidades.

– Vamos checar os contratos assinados e as pessoas que moram nesses apartamentos, porque em outras operações verificamos que alguns imóveis tinham sido vendidos. Temos que ter cautela e checar. Vamos facilitar para que os moradores informem sobre os problemas e façam denúncias – afirmou.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, garantiu que as operações conjuntas entre as polícias Civil e Federal para a retomada das unidades habitacionais serão ampliadas.

– Há uma decisão do governador e do governo federal de intensificar as ações e reforçar as equipes com a definição dos procedimentos acertados hoje. Temos uma firme disposição de enfrentar esse problema e garantir àqueles que são os legítimos proprietários desses imóveis que possam permanecer neles sem nenhum tipo de afronta por parte do crime organizado. Teremos uma ação integrada, forte, firme. Não é um problema fácil de ser resolvido, têm alguns entraves jurídicos que se colocam, mas vamos ampliar nossos esforços nessa perspectiva – explicou o ministro.

Também participaram da reunião o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alberto Pinheiro Neto, o delegado da DRACO, Alexandre Capote, o coordenador operacional da Polícia Militar, coronel Lima Freire, a secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Miki, o delegado regional de Combate ao Crime Organizado da Superintendência Regional do Rio de Janeiro, João Luiz Caetano, o vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Teotônio Costa Rezende, e Junia Santa Rosa, representando o ministro das Cidades, Gilberto Kassab.

Graças à parceria entre o Governo do Rio e a União, 338 mil pessoas foram beneficiadas com a entrega de 84.729 unidades habitacionais no estado.

Fonte:Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Novo acesso na Via Dutra no Estado do Rio é inaugurado

Novo acesso na Via Dutra no Estado do Rio é inaugurado
GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Rio de Janeiro, 26 de março de 2015
Núcleo de Imprensa

Novo acesso na Via Dutra é inaugurado
Agulha construída entre a rodovia e a Linha Vermelha, em São João de Meriti, vai permitir maior fluidez do tráfego na região

O governador Luiz Fernando Pezão participou da inauguração, nesta quinta feira (26/03), do novo acesso na Rodovia Presidente Dutra, em São João de Meriti, no sentido São Paulo, que vai reduzir os engarrafamentos rotineiros na pista lateral da via e na Linha Vermelha. Solicitada pelo Governo do Estado, a obra foi realizada pela concessionária CRR Dutra, sob autorização da ANTT, e recebeu investimentos de aproximadamente R$ 3,2 milhões.

Segundo o governador Luiz Fernando Pezão, o novo acesso vai melhorar o deslocamento de motoristas da Baixada Fluminense que trafegam pela via. Pezão afirmou ainda que já conversou com a presidente Dilma Rousseff sobre a necessidade de melhorias na descida da Serra das Araras.

– Esta obra é importantíssima. Quando a Via Dutra foi concessionada, os prefeitos não foram ouvidos. Diversas obras precisam ser feitas ao longo da rodovia, como passarelas, retornos e viadutos. Temos batalhado, conversado com a ANTT. Queremos tirar do papel, por exemplo, a descida da Serra das Araras. Quase todo dia tem acidente. Ela não foi preparada para os caminhões e carretas que circulam por lá hoje. A presidente Dilma garantiu que chegará, até o fim de abril, a um bom termo com a concessionária para fazer esta obra – disse o governador.

O novo acesso da Via Dutra tem 400 metros. Foram realizados serviços de drenagem, reconstrução de pavimento e implantação de muretas de concreto separando a pista central da lateral.

- Esta altura da rodovia sempre foi um ponto crítico de congestionamento. O tráfego ficava represado, refletindo em outras vias. O grande ganho é que o fluxo fica dividido, diminuindo consideravelmente o congestionamento e facilitando o tráfego de quem vai para Baixada Fluminense pela Linha Vermelha– explicou o secretário de Estado de Transportes, Carlos Roberto Osório.
Fotos: Shana Reis
Fotos:Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro