Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 9 de março de 2012

Prefeitura e Câmara Municipal aprovam e a Universidade Estácio de Sá instala Campus em Teresópolis

Comemorando a instalação do Campus da Universidade Estácio de Sá em Teresópolis: Roberto Branco, Vereador Marcelo Oliveira, Anderson Rangel e Giuseppe D’Elia
Prefeitura e Câmara Municipal aprovam e a Universidade Estácio de Sá instala Campus em Teresópolis


Teresópolis, 9 de março de 2012 – Está previsto para o mês de julho o início do funcionamento do Campus da Universidade Estácio de Sá em Teresópolis. A estrutura da consagrada instituição de ensino superior vai funcionar nas dependências do Colégio George March, na Tijuca. Atualmente se encontram em processo de aprovação junto ao Ministério da Educação os cursos de Administração e de Ciências Contábeis, mais quatro cursos de tecnólogos, com dois anos e meio de duração visando a preparação mais rápida para o mercado de trabalho: Gestão de RH, Gestão Comercial, Gestão de Logística e Gestão Financeira. Serão todos cursos noturnos e presenciais.

Autor do projeto de alteração da Lei de Zoneamento, aprovado pela Câmara Municipal e sancionado pelo Executivo e que permitiu a implantação do campus da Estácio de Sá em Teresópolis, o Vereador Marcelo Oliveira visitou as futuras instalações da Universidade nesta sexta, 9, junto com o Diretor de Operações do Núcleo Serrano da Universidade, Anderson Rangel, acompanhado dos empresários Giuseppe D’Elia, do ramo imobiliário, e Roberto Branco, da SAF Assistencial.

“A Lei de Zoneamento não permitia a instalação de um curso de nível superior no prédio da escola. Fizemos um projeto de lei, autorizando efetivamente a abertura do campus em Teresópolis. O Prefeito Arlei sancionou e recebeu de braços abertos a Estácio de Sá. Quem ganha é a população, que terá mais opções de cursos de nível superior, inclusive de preços”, salientou o Vereador.

Segundo o Diretor de Operações do Núcleo Serrano da Universidade, Anderson Rangel, o campus de Teresópolis tem capacidade para atender 800 alunos. A ideia é, na medida do possível, contratar mão de obra local, o que deverá gerar entre 60 e 70 empregos diretos, entre professores universitários e pessoal administrativo.

“Estamos perto de realizar o sonho de abrir uma unidade em Teresópolis. Atuamos em Nova Friburgo há 16 anos e em Petrópolis há 12 e esperamos ter vida longa neste município. Nossa expectativa é de, no dia 1º de julho, estar começando a operar efetivamente em Teresópolis, com os vestibulares acontecendo em junho”, informou. “A nossa expectativa é de que em 2013 mais cinco cursos entrem em funcionamento. A intenção da Universidade é, a cada semestre, oferecer seis novos cursos”, adiantou.

Os empresários Giuseppe D’Elia, do ramo imobiliário, e Roberto Branco, da SAF Assistencial, são dois incentivadores da vinda da Universidade Estácio de Sá para Teresópolis. “Moro em Teresópolis desde 2003 e tive o privilégio de incentivar a vinda de uma universidade de excelência para a cidade. O teresopolitano passará a ter mais uma opção de ensino superior. Tudo contribui para que Teresópolis seja considerada uma cidade universitária, no futuro, com a vinda da Estácio pra cá”, comemorou Giuseppe.

“Parabenizo a vinda da Estácio, pois hoje muitos alunos saem da cidade para estudar em Friburgo, Petrópolis, Niterói ou Rio de Janeiro, e isso não será mais necessário. Parabenizo o Prefeito e o Vereador Marcelo Oliveira, que se empenhou, junto com os outros vereadores, para que tudo fosse possível”, completou Roberto Branco, acrescentando que, a exemplo de Nova Friburgo, a SAF Assistencial criará um plano universitário para permitir descontos nos valores de matrículas nos cursos da Estácio.

Texto: Silvia Pimentel
Fotos: Marco Esteves
Fonte:Assessoria de Comunicação de Teresópolis

Nenhum comentário:

Postar um comentário